Criado em 1981, o Parque de Exposições de Braga é uma estrutura da região vocacionada para a realização de feiras, exposições, congressos e outros eventos de carácter sócio-cultural, científico, recreativo e desportivo, de interesse nacional e internacional. A realização regular de feiras e exposições, em Braga, vem desde 1968, data da primeira Exposição Agrícola e Industrial do Norte, certame que se realizava pelo S. João, nos terrenos anexos ao Estádio 1º de Maio.

Com o seu desenvolvimento e crescimento, a falta de um recinto permanente de feiras tornou-se uma questão essencial para o futuro da Feira Agrícola e Industrial. Assim, em 1977, a Câmara Municipal de Braga reconhecendo a importância do certame, decide adquirir os terrenos necessários para a construção de um recinto dotado das condições adequadas para a realização do certame agrícola e de outros dirigidos as diversas actividades económicas. Este importante passo, acompanhado da criação de um infra-estrutura técnica e humanas, lançou em definitivo o que é hoje o Parque de Exposições de Braga. Logo em 1981, ano da criação formal do Parque de Exposições de Braga, a Agro é admitida na União de Feiras Internacionais (UFI), adquirindo o estatuto de feira internacional, com a designação de AGRO - Feira Internacional de Agricultura, Pecuária e Alimentação.

Em 1984, dá-se a adesão à EURASCO - Comité Europeu de Sociedades Agrícolas e Organizadores de Feiras. O Parque de Exposições de Braga, tornou-se assim organizador - membro de duas importantes organizações internacionais de feiras, consolidando a sua posição como um dos principais centros de exposições nacionais e ganhando um reconhecimento internacional prestigiante. Em 1987, o Parque de Exposições de Braga dá mais um importante salto qualitativo através do enriquecimento do seu património. É inaugurado o Palácio de Exposições, com uma área bruta de exposição de ordem dos 6.500 m2.

O ano de 1990, é outro marco histórico na vida do Parque de Exposições de Braga. Fecha-se o ciclo das grandes obras, com a inauguração do centro de Congressos, que inclui o Grande Auditório, sala de imprensa e várias salas de apoio. Estas infra-estruturas vieram possibilitar a abertura de uma importante área de actividade no Parque de Exposições: os congressos.
O complexo de Exposições abrange uma área total de 45.000 m2, sendo 13.050 m2 de área exposicional coberta distribuída pela Grande Nave, Pavilhões de Rua na Área Exterior e os restantes 31.950 m2 de área exposicional descoberta.
Como estrutura complementar deste complexo, o PEB dispõe de um Centro de Congressos integrado por um Grande Auditório com capacidade para 1204 lugares sentados, serviços de apoio com bar, restaurante e sala de imprensa, e por diversas salas com capacidade de 60 a 120 lugares sentados.

A cidade de Braga beneficia assim de um conjunto de argumentos que lhe permite aspirar a desempenhar um papel de relevo no desenvolvimento do turismo de negócios, de que o Parque de Exposições de Braga será um importante instrumento. Boas acessibilidades, boa capacidade hoteleira, rede diversificada de serviços de logística, apoio e lazer e um complemento de oferta de produtos turísticos bastante atractivos fazem com que o Parque de Exposições de Braga desfrute de uma posição privilegiada no diálogo com Espanha, e em particular com a vizinha Galiza.

Bem vindos ao Parque de Exposições de Braga!

 

A disponibilizar brevemente

Contactos

Morada:

Av. Dr. Francisco Pires Gonçalves
Apartado 60
4711-909 Braga

T.:(+351) 253 208 230

F.:(+351) 253 264672

E.:geral@investbraga.com

Acompanhe-nos
Contacte-nos
Os cookies ajudam-nos a oferecer os nossos serviços. Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a nossa utilização de cookies.   Saber mais